Livros, à Primeira Vista #27

2 comentário(s)

No turno da noite em um hospital em Maine, Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, ela muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos, Lanny não é como outras pessoas que Luke já conheceu. Ele é, inexplicavelmente, atraído por ela… mesmo ela sendo suspeita de assassinato. E conforme ela conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassa tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido. Seu relatório apaixonado começa na virada do século XIX na mesma cidadezinha de St. Andrew, Maine, quando ainda era um templo Puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela paga é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação a depende totalmente de seu passado. De um lado um romance histórico, de outro uma história sobrenatural, The Taker é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir — e como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.
Impressões: Pela capa e sinopse esse livro já se demonstra como uma fonte inesgotável de mistério, suspense e fantasia com conteúdo um tanto que inédito e que estou ansioso para ler.


No primeiro volume da série homônima, a autora Laini Taylor cria um universo fantástico, onde batalhas épicas e um amor proibido se unem pela esperança de um mundo refeito. A protagonista é Karou, uma jovem de cabelo azul que enche seus cadernos de desenhos de monstros e fala muitas línguas — nem todas humanas. Quem é ela? A pergunta persegue Karou, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho.





Impressões: Esse livro parece ser recheado de questionamentos e dúvidas coisa que sou muito fã em livros já que gera um mistério enorme e um nível frenético.

2 comentários:

Naty disse...

Ambos os livros me chamam atenção pela capa e acho que daria uma chance aos dois por causa dela rs'

Beijo;*
Naty.

Albuq disse...

Oi Juan!
Suas impressões são ótimas, nos dão a sensação de curiosidade incrível.

Postar um comentário

Manuseador da pena

Juan Silva, 16 anos, Carioca e Sagitariano. 3º ano e estudante do curso técnico de química. Não vivo sem bons livros, séries e filmes. De vez em quando, um café gelado sempre é bem vindo. {mais?}

Seguidores

No Facebook

Últimas Resenhas

Promoções

#Tagalerando

Editoras Parceiras

Arquivo

 

Layout desenvolvido exclusivamente por Tharcila Lima para o Asas Literárias. Veja o portfólio.