[MATÉRIA ESPECIAL] Obras e autores nacionais

11 comentário(s)
Com os sucessos vindo de toda a parte do mundo e as modinhas adolescentes, muitos de nós esquecemos os grandes artistas que temos tão perto de nós. Os autores brasileiros são aclamados em toda a parte do mundo, e é revoltante o fato de muitos brasileiros não valorizarem a própria cultura. 

Um exemplo disso é o ilustríssimo escritor Paulo Coelho, um dos melhores autores brasileiros da atualidade brasileira, ele tem o poder de encantar os leitores da primeira a última página dos seus romances. Confira a baixo a capa do livro O Aleph de autoria de Paulo acompanhado da sinopse: 


Num tom franco e extremamente pessoal, Paulo Coelho relata sua incrível jornada de autodescoberta. Como o pastor Santiago de seu grande sucesso O alquimista, o escritor vive uma grave crise de fé. À procura de um caminho de renovação e crescimento espiritual, ele resolve começar tudo de novo: viajar, experimentar, se reconectar às pessoas e ao mundo.
Ao embarcar para a África, depois para a Europa e, por fim, cruzar a Ásia pela ferrovia transiberiana, Paulo busca revitalizar sua energia e sua paixão. Mas nem pode imaginar que surpresa essa peregrinação lhe reserva.
Ele conhece Hilal, uma jovem e talentosa violinista, e descobre que ela foi sua grande paixão numa vida passada, mas que ele a traiu de maneira tão covarde que, mesmo 500 anos depois, isso o impede de ser feliz. Juntos, os dois se lançam numa viagem pelo tempo e o espaço, abrindo-se para o amor, o perdão e a coragem de enfrentar os desafios da vida.
Bonito e inspirador, Aleph é um convite à reflexão sobre o significado da nossa jornada pessoal: será que estamos onde queremos estar, fazendo o que desejamos fazer?Aleph não deve ser apenas lido, mas vivido. 
Paulo Coelho é só um exemplo, a diversidade de autores e obras são diversas, e o melhor de tudo, muitas dessas histórias se passam em terras bem conhecidas pelos brasileiros. Paula Pimenta, Eduardo SpohrLeandro Narloch, Clarice Lispector, Machado de Assis, são apenas alguns dos escritores fascinantes do país.

Tomando por base o tema da literatura brasileira, o Asas Literária entrevistou a escritora Marli Carmen, autora do livro, Amazônia - um caminho para o sonho. Veja a baixo a entrevista:




Asas Literária: Qual foi sua inspiração primordial para a criação da história do seu livro?
Marli:Uma paixão platônica pela maior floresta tropical úmida do mundo, me levou a escrever. Li uma reportagem e decidi que iria escrever a respeito dela para levar informação ao leitor.

Asas Literária: Você enfrentou alguma dificuldade por ser uma escritora brasileira, enquanto tentava fazer a publicação do seu livro?  

Marli:Não acredito que o fato de ser brasileira dificultou. O caminho da escrita é um caminho largo e longo. E como para tudo na vida, devemos tentar sempre! Quem fica parado esperando, não consegue muita coisa! É preciso ir atrás! As borboletas são virão ao nosso jardim, se souberem que temos um jardim!

Asas Literária: Os escritores brasileiros são mal vistos por algumas pessoas do próprio país, mas ultimamente muitos sucessos brasileiros têm surgido arrebatando milhares de fãs. Você aprecia algum, ou alguns autores nacionais?
Marli: Sim!!!!! Eu já li autores de outros países, mas os meus favoritos são os brasileiros!!!!! No momento eu gosto muuuito de ler Veríssimo e Maicon Tenfen.

Asas Literária: Segundo alguns sites e blogs, você está pensando em uma continuação para sua obra. O que você acharia se surgisse a oportunidade de uma adaptação para o cinema?

Marli: Eu adoraria! O livro se adaptaria muito bem na telona!E acredito que seria uma aventura ainda mais inesquecível!

Asas Literária: Para encerrar, o que você gostaria de dizer para os leitores que estão com vontade de iniciar a leitura da sua obra?

Marli: Estejam preparados para muito conhecimento! Há muito informação histórica no livro! Ao terminar de ler, vocês poderão dizer que conhecem, uma parte, da região norte do nosso país! É uma leitura fácil, composta basicamente de diálogos! Vocês irão adorar! 

Em breve a resenha desse livro será disponibilizada pelo site. Marli está com alguns projetos, e pode ser que a obra dela tenha uma continuação. 

Já deu para perceber que talento não falta aos escritores nacionais, muito pelo contrário, só nos falta dar mais apoio a eles, afinal, é a nossa cultura.

11 comentários:

Marli Carmen disse...

Olá Juan!! Adorei ser entrevistada por você! As perguntas foram interessantes e foi um grande prazer responder cada uma delas!
Obrigada pela força!! Beijinhos literários!!

Valentine Cirano Vieira disse...

Adorei a entrevista!!A Marli é joia! Parabéns

OKTOBERBLOG disse...

Ótima entrevista, parabéns pela iniciativa!

Denis Lenzi disse...

Gostei da entrevista. :-)

Gisele Galindo ou simplesmente Gi. disse...

Muito boa a entrevista!!!!

A Marli é um doce.

;)

bjs***

Adriana Vargas disse...

Realmente!
Só nos falta é apoio!
Marli é maravilhosa!
Parabéns.

Junior Menezes disse...

Bela entrevista! As perguntas ficaram boas e as respostas também! A literatura brasileira é mal vista por alguns leitores pelo fato de que nós quase não temos apoio para divulgar os nossos trabalhos e a maioria só encontra espaço na Internet... Este e outros fatos fazem com a maioria dos autores brasileiros sejam vistos como ruins... Pois algo só se torna bom quando passa na TV, mesmo que não seja bom. Tem inúmeros autores nacionais talentosos e que precisam apenas de um espaço para mostrar os seus trabalhos e edioras de boa qualidade e que não sejam tão capitalistas quanto as atuais. Livros desse tipo, de fato, sempre ficam ótimos quando são adaptados ao cinema, pois mostra uma região brasileira que é pouco conhecidada dos próprios brasileiros.

Renata disse...

Muito boa a matéria! E a entrevista também!
Acho que o público precisa dar mais carinho aos autores que estão surgindo. Como é que novos talentos vão conseguir aparecer se nós não os prestigiarmos?

André Victtor disse...

Achei muito bacana essa Entrevista !
Meus parabéns aos dois e sucesso com o livro !
Abraços...

Marli Carmen disse...

Obrigada pessoal pelos comentários aqui no blog do Juan!!!Sou imensamente grata!! Beijinhos amazônicos para vcs!

Cleide disse...

Mto legal a entrevista! As duas estão de parabéns...

Postar um comentário

Manuseador da pena

Juan Silva, 16 anos, Carioca e Sagitariano. 3º ano e estudante do curso técnico de química. Não vivo sem bons livros, séries e filmes. De vez em quando, um café gelado sempre é bem vindo. {mais?}

Seguidores

No Facebook

Últimas Resenhas

Promoções

#Tagalerando

Editoras Parceiras

Arquivo

 

Layout desenvolvido exclusivamente por Tharcila Lima para o Asas Literárias. Veja o portfólio.