Resenha de Livro: A Escolha - Nicholas Sparks

5 comentário(s)
Título: A Escolha
Título Original: The Choice
Autor: Nicholas Sparks
ISBN: 978-85-63219-29-9
Páginas: 304
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito
Preço Sugerido: 24,90 

Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta.Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?





Por incrível que poça parecer eu nunca havia lido um livro de autoria de Nicholas Sparks. Sempre tive vontade e o que a muitas pessoas diziam é que eram super açucarados, até além da medida, já outros diziam que eram de tirar o fôlego e viciantes. Lendo A Escolha, tive que concordar com a segunda opinião. 








Somos moldados a dois tipos de romance, o estilo Romeu e Julieta, onde os protagonista apaixonados morrem e o modelo conto de fadas, onde o final termina em uma casal unido e felizes para sempre. Esses são os padrões de quase todos os romances, o que acaba tornando um livro desse gênero bom atualmente é a sua abordagem, ou seja, os fatores que o autor irá usar para fomentar esse senário amoroso entre os dois protagonistas. Essa abordagem foi muito bem usada por Nicholas Sparks que soube transformar algo que poderia ser clichê em uma história com acontecimentos surpreendentes.

Na trama temos Travis, um homem digamos assim, desejado por todas as mulheres, corpo atlético, pratica exercícios, bebe moderadamente, não fuma, é educado, carinhoso e acima de tudo romântico. Travis é draticamente cobrado por seus amigos para que arrume uma mulher, uma vez que seus amigos já possuem família e ele continua solteirão na companhia do seu cachorro Moby e da sua irmã que é sua melhor amiga. Um dia a sua vizinha, Gabby, vai até a sua casa extremamente irritada, a moça diz que sua cachorra está grávida e o pai dos filhotes é o cachorro de Travis. Esse é o início conturbado de uma relação de amor entre os dois. Gabby tem namorado mas não consegue tirar Travis da cabeça, ela fica confusa a cada dia que passa, o jeito meigo e divertido do rapaz só fazem com que as coisas piorem a cada dia.

Na primeira parte da história as escolhas difíceis de serem tomadas estão nas mãos de Gabby que não sabe o que sente por Travis e se é maior do que sente por seu namorado que já deveria a ter pedido em casamento, de acordo com os pensamentos da mesma. Na segunda parte do livro um incidente faz com que Travis tenha sua vida virada de cabeça para baixo e uma simples escolha faz o leitor sofre junto com o personagem.

Durante o final do livro achei que Nicholas estava encaminhando seus personagens para um final já imaginável de modo que não teria qualquer surpresa, entretanto, o autor soube brincar muito bem com o leitor fazendo o que parecia ser óbvio ser uma grande surpresa.






- Eu te amo também, Travis - sussurrou ela, e, ao ouvir aquelas palavras, ele sabia que a jornada solitária a qual ele se encontrava há anos, de algum modo, havia chegado ao fim. - Pag. 206








Indico A Escolha para todos os tipos de pessoas, não se trata apenas de uma história água com açúcar mas sim de algo que todos nós estamos sujeitos. Sentimentalista ou Insensível, Romântico incorrigível ou casca grossa, não importa, um dia o amor nos fará tomar algumas escolhas difíceis, e caberá a nós saber até onde devemos ir em nome dele.

5 comentários:

O Resenhista disse...

Bom, como eu já te disse... Não, não vou tirar a graça do livro! os livros do Nicholas Sparks são muito bons, apesar de todos eles terem algo em comum, o que acaba deixando a história um pouco previsível... Você citou que este é o primeiro livro que você lê dele... Bom, te aconselho a ler, A Última Música, Querido John... Eu tenho Diários de Uma paixão também, mas não consegui evoluir depois das primeiras setenta páginas... Em breve vai ser lançado a continuação de Diários, 'O Casamento' e quero comprá-lo... Outros livros que terei deste autor com certeza, é O Melhor de Mim, Noites de Tormenta, A Escolha e outros titúlos que virão... Acho que o único título dele que não lerei, e não terei, é Um Amor para Recordar, pois achei a sinopse muito bobinha...

Juan, como sempre o blog está lindo e muito bem montado... Parabéns,
Abraços,

Uillian Cardoso - De Resenhas

Anônimo disse...

Olha, sinceramente????? Um romance sem recheio, insulso, "raso"... Eu nunca li um livro dele, mas quando cheguei na livraria e a vendedora disse que era um dos mais vendidos, resolvi fazer à aquisição. Li o romance em um dia. JURO!!! De 09:00 da manhã às 21:30 PM. Quis terminar de ler todo, pois pressentia que não era um daqueles romances de tirar o fôlego. Falo fôlego, no sentido do leitor nunca mais esquecer da história, ficar lembrando dos personagens, visualizando como era o local onde eles moravam, a clínica ( não que não visualizei isso tudo) ,mas visualizava de uma forma ''fria". Gosto de ler um livro me vendo dentro da história. Como se eu estivesse dentro da história, como se fosse uma mera telespectadora. Nesse livro, me sentir um pouco fora do ambiente, embora visualizasse todos os personagens, cães... Gente me ajuda!!!! me indiquem um romance ÓTIMO PRA LER, POIS ESSE... AFFFFF!!! Mas há quem vá chorar quando lê-lo. Cada um com sua interpretação. Abraços em todos.

Anônimo disse...

Não sei se terei coragem de comprar outro romance dele, não.
I.G.F.

Anônimo disse...

Leia Horizonte Vermelho, é um livro de autora brasileira, mas ele é simplesmente magnífico. Se passa em 3 partes, sendo elas idade média (abordando as cruzadas), Roma antiga e o período da Inquisição. O romance é lindo, emocionante e envolvente. Faz a gente querer conhecer os personagens e conversar com eles.

Michelle Siqueira disse...

Leia Jardim de Inverno.

Postar um comentário

Manuseador da pena

Juan Silva, 16 anos, Carioca e Sagitariano. 3º ano e estudante do curso técnico de química. Não vivo sem bons livros, séries e filmes. De vez em quando, um café gelado sempre é bem vindo. {mais?}

Seguidores

No Facebook

Últimas Resenhas

Promoções

#Tagalerando

Editoras Parceiras

Arquivo

 

Layout desenvolvido exclusivamente por Tharcila Lima para o Asas Literárias. Veja o portfólio.