Livros, à Primeira Vista #25

3 comentário(s)
Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar. 


Impressões: Desde que vi a capa desse livro quando foi lançado nos Estados Unidos fiquei curioso com a sua trama e temática. Com algumas críticas mal feitas a obra acabou sendo exposta como distópica, gênero não correspondente a história. 

Oitavo volume da bem-sucedida série Pretty Little Liars, que virou minissérie exibida pelo canal a cabo Boomerang, "Perigosas" traz um novo e surpreendente capítulo na vida das belas mentirosas Hanna, Aria, Spencer e Emily. E desta vez não são as misteriosas mensagens de "A" que vão virar de cabeça para baixo a vida das liars, mas a chegada de uma nova personagem que vai mexer ainda mais com as peças do intrincado jogo em que elas entraram desde o sumiço de Alison DiLaurentis. Fechando um importante ciclo na trajetória da série, Perigosas revela segredos inimagináveis.



Impressões: Não gostava muito de Pretty Little Liars até ver o primeiro episódio da séries, desde então sou viciado e estou prestes a começar a ler o livro. É uma série ótima para aqueles que gostam de mistérios e revelações surpreendentes. 

3 comentários:

Naty disse...

Acho a capa de a Seleção muito bonita também e tenho vontade de ler o livro. A série PLL é realmente ótima, adoro! Até agora só li o primeiro livro, mas pretendo ler todos os outros.

Beijo;*
Naty.

Janaina Barreto disse...

dessa vez eu não leria nenhum :S

Movidos por Palavras disse...

A capa de a Seleção é linda,muito linda,adorei a sinopse, só pela sinopse já estou morrendo de vontade de lê-lo.E eu amo a serie PLL então com certeza eu quero Perigosas.
Beijos,
Joyce
http://movidosporpalavras.blogspot.com/

Postar um comentário

Manuseador da pena

Juan Silva, 16 anos, Carioca e Sagitariano. 3º ano e estudante do curso técnico de química. Não vivo sem bons livros, séries e filmes. De vez em quando, um café gelado sempre é bem vindo. {mais?}

Seguidores

No Facebook

Últimas Resenhas

Promoções

#Tagalerando

Editoras Parceiras

Arquivo

 

Layout desenvolvido exclusivamente por Tharcila Lima para o Asas Literárias. Veja o portfólio.