Resenha de Livro: Ladrões de Elite - Ally Carter

3 comentário(s)
Título: Ladrões de Elite
Título Original: Heist Society
Autor: Ally Carter
ISBN: 978-85-8041-006-8
Páginas: 240
Ano: 2011
Editora: Arqueiro
Preço Sugerido: 24,90
Avaliação:


Quando tinha 5 anos, Katarina Bishop distraiu os guardas da Torre de Londres para que o pai pudesse roubá-la. Aos 7, ela ouviu o tio Eddie planejar a interceptação de 80% do caviar do planeta. Quando fez 15 anos, Katarina armou um golpe por conta própria – um esquema para entrar no melhor colégio interno dos Estados Unidos e deixar para trás os negócios da família. Só que trocar de “ramo” e ter uma vida normal acabou sendo mais difícil do que Kat esperava. Hale, seu amigo charmoso, bilionário e antigo comparsa, logo aparece para levá-la de volta à realidade da qual ela havia se esforçado tanto para fugir. Mas é por um bom motivo: uma inestimável coleção de arte de um temido mafioso foi roubada e ele quer recuperá-la, custe o que custar. Somente um mestre do crime poderia ter realizado essa proeza e o pai de Kat é o único suspeito, embora insista em negar qualquer envolvimento. Encurralado entre a Interpol e um inimigo assustador, ele precisa da ajuda da filha. Para Kat, só existe uma saída: encontrar os quadros e roubá-los de volta. Não importa se parece impossível, se ela não tem pistas do ladrão e se o prazo é de apenas duas semanas. Com uma equipe de adolescentes talentosos e uma mãozinha da sorte, Kat está deter- minada a realizar o maior golpe da história da família e provar que jamais a abandonou.

Fico me perguntando o que mais me chamou atenção nesse livro antes de lê-lo, a sua capa que eu achei bem diferente e bonita, ou sua sinopse que me fisgou com uma narrativa que eu ainda não tinha lido e um modo de escrita muito bem produzido. De todo modo, cheguei a conclusão de que isso não importaria para dizer o quão bom é esse título.

Katarina Bishop seria uma adolescente normal que se preocupa com suas paixões, shopping, clubes feministas e todos os assuntos femininos se não fosse filha de um dos maiores ladrões do mundo. A garota cresceu no meio criminoso desde criança quando com apenas cinco anos ela entretinha os seguranças que protegiam a Torre de Londres para que seu pai tivesse liberdade para roubá-la. 

É no mínimo estranho pensar nisso mas é fato que criminosos também possuem uma vida social e familiar então, como eles educam seus filhos? Temos essa perspectiva estranha e ao mesmo tempo engraçada durante a narrativa empolgante de Ally Carter e seus ladrões de elite. 

O foco principal da trama está sob um roubo de cinco quadros grandiosamente famosos que forma roubados de um chefão do negócio de roubo de artes, mais exatamente, um mafioso italiano. O crime foi muito bem executado e todos pensam que só quem teria competência para algo assim era um ladrão extremamente inteligente e experiente, o pai de Kate. É aí que o mafioso Arturo Taccone vai ao encalço de Kate e dá duas semanas para que ela recupere seus quadros com seu pai ou irá mata-lo. Kate não vê outra alternativa a não ser juntar antigos amigos e irem em busca dos quadros do mafioso, já que na verdade, os quadros não estão com o seu pai e Taccone não acredita nela. 

Os amigos de Kate formam o grupo Ladrões de Elite. Todos são jovens e possuem toda a família ou quase toda no ramo criminoso. Esses jovens acabam dando uma pitada de humor gigante a trama tornando-a cada vez mais viciante e gostosa de ler. Ally Carter conseguiu escrever de uma forma extraordinariamente bem, dando descrições incríveis e expondo os mínimos detalhes dos roubos.

Ladrões de Elite tem tudo o que um livro deve ter. Uma boa história, personagens cativantes e histórias que variam de românticas até cenas de pura ação. Com tanta inovação, Ally Carter cria uma obra capaz de conquistar todo tipo de leitor.


3 comentários:

O Resenhista disse...

Ai ai. Nem comento que é esse o blog que dá vida à minha lista de livros pra comprar... Este está entrando nela no exato momento. aushuahs

Parabéns pela resenha, livro parece mesmo ser muito bom e tenho de lê-lo...

Abraços

Janaina Barreto disse...

Ah, esse eu já li! o/ Eu achei bem bacana, mas não me fisgou totalmente. Achei a narrativa rápida demais, não sei explicar. ;x

Estou esperando o segundo volume pra decidir se continuo lendo a série ou não. ^^

Preto no Branco disse...

*-* Quero muuito ler esse livro e que bom que você gostou pois só confirma a minha expectativa de que ele deve ser ótimo!
Um beijo, tô seguindo!

Postar um comentário

Manuseador da pena

Juan Silva, 16 anos, Carioca e Sagitariano. 3º ano e estudante do curso técnico de química. Não vivo sem bons livros, séries e filmes. De vez em quando, um café gelado sempre é bem vindo. {mais?}

Seguidores

No Facebook

Últimas Resenhas

Promoções

#Tagalerando

Editoras Parceiras

Arquivo

 

Layout desenvolvido exclusivamente por Tharcila Lima para o Asas Literárias. Veja o portfólio.