Resenha de Livro: Resposta Certa - David Nicholls

2 comentário(s)
Título: Resposta Certa
Título Original: Starter for Ten
Autor: David Nicholls
ISBN: 978-85-8057-204-9
Páginas: 352
Ano: 2012
Editora: Intrínseca
Preço Sugerido: 29,90
Avaliação: 




O ano é 1985. Brian Jackson, com uma bolsa de estudos e ótimas notas, acaba de entrar para a universidade. E parece que finalmente conseguirá realizar um antigo sonho: aparecer em um popular programa de perguntas e respostas na televisão e demonstrar todo o seu conhecimento. Após entrar para a equipe da faculdade e passar pela fase classificatória, Brian se prepara para seu primeiro embate ao mesmo tempo em que se vê apaixonado por uma de suas colegas de time: a linda, inteligente e assustadoramente elegante Alice Harbinson. Quando Alice se recusa a ceder aos encantos ligeiramente ansiosos de Brian, ele aparece com um plano infalível para conquistar o coração dela. Vai ganhar o jogo. A qualquer custo. Porque, afinal, todos sabem que o que uma mulher realmente procura em um homem é uma vasta gama de conhecimentos gerais...

Bom, é difícil começar uma resenha de um autor como David Nicholls. Por que? Desde Um Dia ele se tornou meu autor de romances românticos favorito, não por escrever histórias açucaradas e cheias de suspiro, mas sim por fazer um romances reais e que mexem imensamente com o emocional do leitor. Ou seja, como fazer uma resenha sincera tendo uma autor que tanto gosto como escritor do livro?

Em Resposta Certa, o autor decidiu manter o foco principal em um único personagem, adotando assim o uso da primeira pessoa no seu texto. Esse protagonista em foco é o Brian Jackson, um estudante comum de Londres que depois de um bom tempo achando que não chegaria muito longe na vida começou a criar expectativas depois de entrar na faculdade.

Não foi só com conhecimentos avançados que Brian teve que se deparar ao chegar na faculdade, o amor também foi uma das matérias que ele teve que aprender a dominar assim que conheceu a estudante Alice Harbinson. Mesmo já tendo idade para um curso superior, Brian ainda é muito ingênuo para algumas coisas da vida e bem esperto para outras, de modo que, esse seu lado não proporcional produz todo o esquema de envolvimento do leitor com a história. 
- Então... Você gostaria de conversar sobre alguma coisa?
Estou apaixonado por uma mulher linda. Mais apaixonado do que nunca. Tanto que sou incapaz de pensar em qualquer outra coisa, mas ele é inatingível. Na melhor das hipóteses, ela me acha divertido, em na pior, repulsivo, e acho que talvez eu esteja ficando um pouco maluco... - Pag. 197
Depois de tentar de várias maneiras conseguir conquistar Alice, Brian acaba por decidir uma atitude mais ousada. Participar do desafio universitário, um programa televisivo exibido na Inglaterra que consiste em um quis de perguntas e respostas sobre conhecimentos gerais. É nessa busca pelo que o personagem acha ser o amor da sua vida que surgem as mais diferentes e ilarias situações, talvez alguns não tenham ataques de risos mas ao menos, manterão um sorriso bobo no rosto enquanto passeia pelas páginas. 

A intenção do livro foi não se prender a um romance extremamente dramático e sim, ir para um lado mais comediante da relação e claro, sem sair da realidade. Certamente a maioria das pessoas interessadas nesse livro irão em busca do mesmo por conta do sucesso que o autor garantiu com Um Dia, porém, muitas dessas pessoas saíram decepcionadas da leitura dessa obra, pois a mesma foge bastante da narrativa e modo do desenrolar das coisas em relação ao primeiro livro do autor publicado aqui no Brasil. 

Mesmo sendo algo que evito mas já fiz, é inevitável não fazer a comparação das duas obras do autor, porém, é David Nicholls, ou seja, é muito bom, realista, recheado de frases que fazem você pensar e repensar sobre sua vida amorosa e principalmente, tem uma narrativa mais do que empolgante. 

Ao todo, Nicholls conseguiu formar um arranjo emocionante e hilário de palavras em sua obra. Com seus finais típicos e reais, mais uma vez esse autor mostra que o amor existe, mas de maneira nenhuma, como o dos contos de fadas.

2 comentários:

Natália Alves disse...

Gosto muito de Um Dia e quero ler esse livro, vi muita gente que o leu e se decepcionou porque esperava algo mais parecido com Um Dia e encontrou uma narrativa mais descontraída. Espero gostar do livro, afinal é David Nicholls!

Beijo;*
Naty.

Caique Fortunato disse...

Sou doido para ler os livros desse autor, tenho Um Dia, mas nunca li e agora estou com vontade de ler esse livro que eu gostei da história :)

Abraços
www.entrepaginasdelivros.com

Postar um comentário

Manuseador da pena

Juan Silva, 16 anos, Carioca e Sagitariano. 3º ano e estudante do curso técnico de química. Não vivo sem bons livros, séries e filmes. De vez em quando, um café gelado sempre é bem vindo. {mais?}

Seguidores

No Facebook

Últimas Resenhas

Promoções

#Tagalerando

Editoras Parceiras

Arquivo

 

Layout desenvolvido exclusivamente por Tharcila Lima para o Asas Literárias. Veja o portfólio.