Livros, à Primeira Vista #26

3 comentário(s)


Polly é a mais antiga amiga de Rose. Então quando ela liga para dar a notícia que seu marido morreu, Rose não pensa duas vezes ao convidá-la para ficar em sua casa. Ela faria qualquer coisa pela amiga; sempre foi assim. Polly sempre foi singular — uma das qualidades que Rose mais admirava nela — e desde o momento em que ela e seus dois filhos chegaram na porta de Rose, fica óbvio que ela não é uma típica viúva. Mas quanto mais Polly fica na casa, mais Rose pensa o quanto a conhece. Ela não consegue parar de pensar, também, se sua presença tem algo a ver com o fato de Rose estar perdendo o controle de sua família e sua casa. Enquanto o mundo de Rose é meticulosamente destruído, uma coisa fica clara: tirar Polly da casa está cada vez mais difícil.


 Impressões: Cuco é um daqueles livros com conteúdo real e que despertam a curiosidade em casa página graças ao seu mistério. É sem dúvida um dos livros mais esperados por mim esse ano.

Bem-vindo à tirânica cidade de Jewel, onde a impaciência é um pecado e a ousadia é um crime. Goldie Roth viveu em Jewel por toda a sua vida. Como toda criança da cidade, ela deve andar presa em correntes até o Dia da Separação, e é forçada a obedecer aos temidos Guardiões Abençoados. Quando o Dia de sua Separação é cancelado, por causa de uma misteriosa ameaça à cidade, Goldie não suporta a ideia de ser novamente acorrentada e foge para o Museu de Dunt, onde conhece Toadspit. No entanto, seus dias não serão mais calmos que antigamente. Os corredores do Museu são cheios de armadilhas e segredos adormecidos que se despertos podem acabar com a vida na cidade. Mas se você pensa que esse livro traz histórias de crianças, está inteiramente enganado. Morte, suspense e muita crueldade envolvem o primeiro volume desta trilogia, em que os protagonistas terão que provar suas habilidades e frieza para garantir sua sobrevivência.

Impressões: Essa obra me chamou a atenção tanto pela capa quanto pela sinopse que parece  simples mas ao mesmo tempo envolvente. Sou fã de livros com aparência um tanto que infantil e recheados de lições e aprendizados, e creio que esse é um deles.

3 comentários:

Caique Fortunato disse...

Gostei desse post. Já comecei a ler Cuco e estou gostando muito, vale a pena ler, estou viciado na narrativa que comecei a ler hoje. Os defensores também parece ser legal...

www.entrepaginasdelivros.com/

Albuq disse...

Hummm, "Os defensores" instigou a curiosidade!

Janaina Barreto disse...

A capa de Os defensores é mesmo muito bonita! Parece uma aventura infantil bem legal. ^^

Postar um comentário

Manuseador da pena

Juan Silva, 16 anos, Carioca e Sagitariano. 3º ano e estudante do curso técnico de química. Não vivo sem bons livros, séries e filmes. De vez em quando, um café gelado sempre é bem vindo. {mais?}

Seguidores

No Facebook

Últimas Resenhas

Promoções

#Tagalerando

Editoras Parceiras

Arquivo

 

Layout desenvolvido exclusivamente por Tharcila Lima para o Asas Literárias. Veja o portfólio.