Resenha de Livro: Charlotte Street - Danny Wallace

2 comentário(s)
Título: Charlotte Strett
Título Original:  -
Autor:  Danny Wallace
ISBN: 9788581630038
Páginas: 400
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito
Preço Sugerido: 29,90
Avaliação:


Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempra há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-prodessor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam...


Como não suspirar e ficar empolgado com um romance divertido e inspirador que se passa em uma rua digamos assim, clássica e romântica de Londres? É esse o ambiente em que se passa o livro Charlotte Street, com uma história leve e personagens marcantes.

A história começa de um jeito interessante e no mínimo, inusitada. Jason Priestley acaba se deparando com o olhar de uma mulher desconhecida na rua e passa por uma espécie de transe momentâneo, ou um quase, amor a primeira vista. O momento é interrompido quando a mulher vai embora entrando no táxi, e é aí que o rapaz percebe algo, a garota esqueceu sua câmera fotográfica com ele. 

Quatrocentas páginas compõem esse livro por mais que não pareça. Comecei a ler o livro e rapidamente já estava na última página decepcionado por já estar no fim. O livro é narrado em primeira pessoa pela visão de Jason e cercado de momentos engraçados, principalmente, já que é unânime que essa é a sensação mais presente nos leitores desse livro. Os momentos românticos não são nada melosos excessivamente, pelo contrário, são extrovertidos, emocionantes, dignos de suspiros e lágrimas além de principalmente ter uma dose enorme e importantíssima de realidade. 

As descrições dos pontos de Londres e da Charlotte Street são minuciosas e detalhistas. Ao final do livro das duas opções apenas uma, ou você irá ficar louco para ir a Londres ou ficará louco para que haja a estreia do filme. Sim, o livro será adaptado para as telonas em breve, uma ótima oportunidade para aqueles que não conferirem a obra. 

- Estou falando sério, Jase. E se a vida for feita de momentos? E se nós não agarrarmos o momento? E se outro momento nunca vier? Você poderia ser lembrado como um herói ou poderia ser apenas uma pessoa que viveu anonimamente até o dia em que anonimamente morreu.
Viciante, emocionante e sagaz descrevem com perfeição essa obra. Charlotte Street é capaz de conquistar todos os tipos de leitores e digno de estar em todas as estantes.

2 comentários:

O Resenhista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Resenhista disse...

Sua resenha me fez lembrar do livro 'Um Dia'. Não vou afirmar nada, porque ainda não li nenhum... mas estou com vontade de lê-los...

Abraços...

Postar um comentário

Manuseador da pena

Juan Silva, 16 anos, Carioca e Sagitariano. 3º ano e estudante do curso técnico de química. Não vivo sem bons livros, séries e filmes. De vez em quando, um café gelado sempre é bem vindo. {mais?}

Seguidores

No Facebook

Últimas Resenhas

Promoções

#Tagalerando

Editoras Parceiras

Arquivo

 

Layout desenvolvido exclusivamente por Tharcila Lima para o Asas Literárias. Veja o portfólio.